Você está em > Noticia > Clipping > ESTADÃO - Qual a região campeã em densidade de startups no Brasil?

Clipping

ESTADÃO - Qual a região campeã em densidade de startups no Brasil?

31/10/2017

Por Felipe Matos

Itajubá é destaque em artigo sobre o Ecossistema Brasileiro de Startups: é a número 1 em Eficiência de Geração de Startups e a 7ª em Densidade de Startups.

Com liderança absoluta, Santa Catarina encabeça os rankings de densidade e eficiência na geração de startups no país. Veja a análise trazida com exclusividade aqui pelo blog.

 

Na última semana participei da CASE 2017, o maior evento dedicado a startups da América Latina, organizado pela Associação Brasileira de Startups (ABStartups), onde lancei meu livro 10 Mil Startups e participei do painel “Radiografia das startups do Brasil”, que apresentou os dados de pesquisa realizada pela ABStartups em parceria com a Accenture, com a participação de mais de mil startups de todos os estados do país. 

Tive acesso a estes dados, que revelam uma infinidade de indicadores sobre as startups nacionais e ainda vai render ainda muitos posts por aqui, mas o que mais me surpreendeu foi a posição de Santa Catarina. Vamos aos dados.

Ranking de Quantidade de Startups

Santa Catarina é o segundo estado com maior número absoluto de startups, seguido por Minas Gerais e Rio de Janeiro – e perdendo apenas para São Paulo. Outra surpresa veio do Ceará, que apareceu como primeiro colocado da região Nordeste, na frente de Pernambuco, na oitava e nona posições, respectivamente.

Na lista das top 10 cidades, Florianópolis aparece na segunda posição, atrás apenas de São Paulo e seguida por Belo Horizonte e Rio de Janeiro. Outro ponto de destaque foi a presença de cidades do interior na lista: Uberlândia (MG), Joinvile (SC) e Blumenau (SC), que ocupam a sexta, sétima e décima posições, respectivamente. Santa Catarina se destaca como o único estado a emplacar 3 cidades na lista das top 10.

 

Ranking de Densidade de Startups

Achei muito notável a presença de cidades relativamente pequenas no ranking de quantidade, sugerindo que elas concentram alta densidade de startups. Assim, decidi cruzar os dados da pesquisa com os de tamanho da população segundo o IBGE, para estabelecer um ranking de densidade dos ecossistemas. Os resultados colocam Santa Catarina em liderança com folga entre os estados, seguido pelo Distrito Federal e Minas Gerais.

Já no ranking de cidades, Florianópolis é líder absoluta, com densidade 10 vezes maior que São Paulo, por exemplo (que ficou na 15a posição). O estado de Santa Catarina impressiona aqui mais uma vez. Lidera os 3 primeiros lugares entre as cidades com mais densidade, com Florianópolis, Chapecó e Joinvile. Das top 10 cidades mais densas em startups, 6 estão no estado.

 

Ranking de Eficiência na Geração de Startups 

Outro cruzamento que fiz foi entre o número de startups e o PIB de cada estado. Esse índice revela a “eficiência” do ecossistema em produzir startups, revelando quanto cada estado gera em valor por cada ponto percentual de representatividade na distribuição de startups no país. Nesse caso, quanto menor o número, mais eficiente e “produtiva” é a região, já que ela é capaz de gerar startups a um “custo” menor, fazendo mais com menos.  Aqui, Santa Catarina novamente aparece na liderança, sendo 3 vezes mais eficiente que o segundo colocado, Minas Gerais. O Ceará aparece na terceira posição. Vale um destaque para o Amazonas, único estado da região Norte entre os top 10, na oitava posição.

Na hora de medir a eficiência por cidade, os destaques ficam por contas de municípios menores, que mesmo com um PIB pequeno, conseguiram gerar um número relevante de startups. Nesse ranking, Itajubá (MG) ficou em primeiro lugar, seguida por Tubarão (SC), Balneário Camboriú (SC) e Campina Grande (PB).  As grandes capitais ficaram de fora das top 20 cidades mais eficientes. São Paulo ficou em 37o lugar.

* Foram desconsideradas da análise de densidade e eficiência estados que atingiram menos de 1% de representatividade nacional de startups e cidades com menos de 0,35% desta mesma representatividade.

Fonte: O Estado de São Paulo



Rua Cel. Rennó 07 | Prédio Central da UNIFEI | Centro
Itajubá - MG    +55 35 3629-1700