Você está em > Noticia > Clipping > SIMI - Enercred, startup de energia limpa, adquire usina solar em Minas

Clipping

10/01/2019

Startup, que integra o Programa de Incubação da INCIT, oferece serviços de assinatura de energia renovável para consumidores residenciais.

A EDP, companhia que atua no segmento do setor elétrico brasileiro, construirá uma usina solar para a mineira Enercred. A startup, que oferece serviços de assinatura de energia renovável para consumidores residenciais, alugará da EDP a planta solar, com potência de 91 kWp (quilowatt pico). A usina será instalada no Sul de Minas Gerais.

A solução da startup é uma plataforma que permite aos consumidores adquirir créditos de energia gerados por uma usina de fonte renovável. De acordo com a empresa, isso proporciona economia ao cliente final, na forma de descontos na conta de luz convencional, além dos benefícios ambientais, como a redução de emissões de CO2.

O projeto funcionará no formato de geração compartilhada com cooperativa, o que, segundo a startup, possibilitará a adesão de diversos clientes a uma mesma planta fotovoltaica. Com um contrato de 15 anos e início da operação previsto para o primeiro semestre de 2019, o empreendimento será composto por 350 módulos fotovoltaicos, que permitirão a geração de 14 MWh/ano (megawatt hora).

Para Carlos Andrade, vice-presidente de Novos Negócios da EDP, o fechamento desse negócio demonstra a importância do fomento ao ecossistema empreendedor e “reforça o nosso compromisso de contribuir de revelar e ajudar a desenvolver empresas promissoras do setor elétrico”.

Segundo a startup, a necessidade de expansão do modelo de negócio surgiu devido à grande procura de clientes pelo serviço da empresa. No início de 2018, a Enercred gerava em sua usina anterior 15 kWp (quilowatt pico), para cerca de 20 clientes. Para este ano, a expectativa é elevar a capacidade de geração a 150 kWp ao fim do primeiro trimestre, energia suficiente para atender cerca de 100 consumidores.

José Otávio, Ceo da startups, explicou que a parceria com a EDP surgiu durante o programa de aceleração da instituição, o EDP Starter Brasil. “A aceleração contribuiu para a nossa evolução como empresa. Por isso, acreditamos que a assinatura deste contrato poderá ser um marco no segmento de solar, uma vez que o projeto-piloto permitirá uma troca de conhecimentos para ambas as empresas, trazendo um novo modelo de negócios que contribuirá para o avanço dos nossos serviços.”

Mercado de energia solar

Segundo dados divulgados pela Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSOLAR), Minas Gerais é o estado que mais tem aproveitado essa fonte de energia renovável, com 103,4 MWp (megawatt pico) de capacidade em projetos de geração distribuída.

Segundo a Associação, a geração solar distribuída tem hoje, no país, uma capacidade instalada que ultrapassa 500 MWp e investimentos acumulados de R$ 2,5 bilhões, mas que representa menos de 0,01% da demanda nacional. Com 80 milhões de unidades consumidoras, a solução solar tem enorme potencial de crescimento no Brasil.

Com mais de 20 anos de atuação, a EDP é uma das maiores empresas privadas do setor elétrico a operar em toda a cadeia de valor. A Companhia atua em Geração, Distribuição, Transmissão, Comercialização e Serviços de Energia. Possui seis unidades de geração hidrelétrica e uma termelétrica, e atende cerca de 3,4 milhões de clientes pelas suas Distribuidoras em São Paulo e no Espírito Santo.Além disso, a empresa é referência em áreas como Inovação, Governança e Sustentabilidade, estando há 13 anos consecutivos no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3



Fonte: SIMI



Rua Cel. Rennó 07 | Prédio Central da UNIFEI | Centro
Itajubá - MG    +55 35 3629-1700