Você está em > Noticia > Notícias > Seleção define cinco novas startups para programa da INCIT

Notícias

Seleção define cinco novas startups para programa da INCIT

04/09/2018

São elas: Verth Tecnologia e Serviços; SEGID; NET e-NERGY; EyeConnect e Global ID Code. Agora, a INCIT passa apoiar, em seu programa, 23 startups.

Cinco novas startups foram selecionadas para integrar o Programa de Incubação da INCIT (Incubadora de Empresas de Base Tecnológica de Itajubá). São elas: Verth Tecnologia e Serviços; SEGID; NET e-NERGY; EyeConnect e Global ID Code. 

O resultado da banca de seleção do Edital 02/2018  foi divulgado na tarde de sexta-feira, 31 de agosto. Para Maurício de Pinho Bitencourt, gerente da INCIT e diretor da INOVAi – Associação Itajubense de Inovação e Empreendedorismo, os projetos apresentados são “altamente inovadores e têm chances de se tornarem empresas altamente escaláveis”. 

Após esse segundo edital do ano, a INCIT passa apoiar, em seu programa, 23 startups. Desde sua criação, a incubadora já graduou 43 empreendimentos. Juntas, incubadas e graduadas faturam em torno de R$ 100 milhões e geram 630 postos de trabalho em Itajubá. Um novo edital de seleção será lançado ainda no segundo semestre de 2018. 

Startups

“Vibramos muito quando soubemos da notícia de que nosso modelo de negócio havia sido aprovado no edital. Tivemos a sensação de que a primeira vitória tinha sido conquistada, e a certeza de que haverá muito trabalho e muitos desafios rumo ao sucesso”, disse Para Thiago Rezek [foto acima], um dos empreendedores da NET e-NERGY. “Nossa expectativa é que, com o apoio da INCIT, sejamos capazes de tirar nossa proposta do mundo das ideias e trazê-la para a realidade. Esperamos entrar em contato com mentores e investidores que acreditem na nossa ideia para que decolemos como empresa o mais rápido possível e de maneira sólida”, completou.

Para o sócio proprietário da Verth, Alexandre Rennó [foto acima], “escolhemos o caminho certo para consolidar nossa empresa e nossos projetos de uma forma organizada e profissional, principalmente com o apoio e colaboração da INOVAi”. “Ficamos muito felizes e motivados por ser selecionados por esse edital”, disse. 

“Nossa expectativa é muito grande em relação às oportunidades devido às demandas do mercado IOT para Smart Cities e da Indústria 4.0, segmentos que atuamos e desenvolvemos soluções. Entendemos que podemos contar com a INOVAi e seus programas, celebrar parcerias com as empresas do ecossistema e colaborar para o desenvolvimento e melhoria desta cadeia”, ressaltou Alexandre Siqueira. “Queremos ser, em curto espaço de tempo, com o apoio da INOVAI, uma referência de startup, aplicando todos os conceitos, modelo de gestão e compliance”, completou. 

A banca do processo seletivo foi formada pelos seguintes profissionais: Maurício Bitencourt; Bernardo Vasconcelos de Carvalho, da empresa graduada B2ML; Ronaldo Abranches, diretor do Centro Regional de Cultura (Cerec) e professor da Facesm (Faculdade de Ciências Aplicadas do Sul de Minas); Fernando Bissacot, secretário municipal de Ciência, Tecnologia e Comércio de Itajubá; e Carlos Conti, diretor de Inovação da INOVAi. 

Confira as empresas aprovadas no edital 02/2018 da INCIT: 

Verth – Tecnologia e Serviços: startup que tem como objetivo desenvolver e integrar várias soluções específicas para mercado IOT – Internet das Coisas, em: projetos voltados à automação de processos; identificação eletrônica através de rádio frequência e outros sensores; captura e processamento de dados; sistemas de segurança; monitoramento, gestão e rastreamento de frotas; controle de abastecimento; controle de acessos, entre outros. A empresa também se destaca pela prestação de serviços com mão de obra especializada, operação de soluções/aplicações e de locação de equipamentos que necessitam de assistência técnica contínua e com o alto nível de serviços e atendimentos (SLA).


SEGID: Startup de gestão e monitoramento de EPIs – Equipamentos de Proteção Individual. A empresa desenvolve um dispositivo eletrônico (tags de RFID) que, em conjunto com software, banco de dados e aplicativo fornece informações full time sobre o uso de equipamento de proteção individual (EPI) em empresas, com objetivo de ampliar a segurança. O dispositivo desenvolvido, acoplado nos EPIs, é capaz de impedir tomadas de decisões inseguras, além de fornecer ao responsável técnico a visão em tempo real da atitude de seus colaboradores com relação ao uso do EPI dentro de um canteiro de obra ou ambiente fabril

NET e-NERGY: A startup, atuante no setor de energia, promove a livre comercialização de montantes de energia elétrica no mercado de curto prazo para agentes geradores, comercializadores e consumidores vinculados ao mercado livre de energia. Promove o contato entre agentes, mediado através de uma plataforma virtual (e-commerce) no qual os preços dos montantes energéticos são livremente comercializados, com independência do Preço de Liquidação de Diferenças (PLD) estabelecido pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).


EyeConnect: Startup de TIC cuja solução é uma plataforma online de diagnóstico e laudo digital de exames médicos, com foco inicial na área de Oftalmologia – mais especificamente, exames da retina – tendo como público-alvo as clínicas médicas, clínicas de ensino e saúde básica. O negócio consiste em dois serviços:(1) aluguel da plataforma para digitalização e disponibilização de exames; (2) serviços de laudos. 

Global ID Code: Startup que atua com rastreabilidade segura e inviolável para objetos, documentos, pessoas, animais e transações. Totalmente complice com Blockchain, produto com alta tecnologia e sem precedentes no mercado quanto ao modelo patenteado e os níveis de segurança aplicado.

Fonte: Agência Contexto



Rua Cel. Rennó 07 | Prédio Central da UNIFEI | Centro
Itajubá - MG    +55 35 3629-1700